Wagner Padua

Empreendedorismo é hoje um dos temas mais discutidos nas empresas, universidades e mesmo no próprio governo. Desenvolver habilidades potenciais em criar e desenvolver ideias e negócios de sucesso é um dos desafios de nosso país na busca de nossa inserção definitiva no mundo desenvolvido.

Empreender é a capacidade que um indivíduo tem de criar ideias e a partir delas iniciar, desenvolver e reproduzir essas ideias sob a forma de negócios, projetos, produtos e serviços. O empreendedorismo está ligado diretamente à capacidade de realizar, de colocar em prática, pensar e atuar. Andrew Zacharakis, da BabsonCollege, define “São pessoas que criam e desenvolvem organizações que tem uma influência na criação de empregos e renda.”

Mas quais são as principais habilidades necessárias a um empreendedor?

1 – Visão de futuro – ser capaz de enxergar o futuro e trazê-lo para o presente. O que será tendência, quais as tecnologias estarão disponíveis e como será o comportamento e as novas necessidades dos clientes.

2 – Pró-atividade e iniciativa – boas ideias são comuns a muitas pessoas. Mas transformar sonhos em realidade é para poucos; ter o insight é apenas o início. A partir daí, mover-se na direção da realização é o desafio; o empreendedor tem que ter paixão!

3 – Capacidade de identificar oportunidades – muitas oportunidades passam na frente de muitos, que não são capazes de enxergá-las. O empreendedor é aquele que vê luz onde todos veem trevas. Onde a maioria enxerga problemas, o empreendedor vê oportunidade de solução de necessidades.

4 – Questionar sempre – estar sempre questionando o mundo, os paradigmas, ser inquieto com a forma tradicional e básica, perguntar sempre: e se eu fizesse de outra forma? Será que o cliente quer assim? Isso poderia ser melhorado? Há como melhorar?

5 – Algum preparo administrativo – é fundamental para que o projeto tenha mais chance de dar certo. A era do improviso está ultrapassada. Se o empreendedor não tem conhecimento técnico, busque-o em cursos ou consultorias.

6 – Tenha um bom plano de negócio – esse tópico é uma continuidade do anterior, ou seja, o conhecimento administrativo não se restringe apenas a gerir pessoas, ter noções financeiras e contábeis, ter habilidades de marketing e vendas. O planejamento do negócio é muito importante.

7 – Criatividade e espírito inovador – criatividade e inovação são premissas básicas e fundamentais para um empreendedor.

8 – Boa formação educacional – estudos são praticamente unânimes e comprovaram que educação e conhecimento são um importante facilitador para empreendedorismo.

9 – Empreender é encantar pessoas – nenhuma ideia terá realmente êxito se não for totalmente voltada para a satisfação plena dos clientes. Focar no encantamento, em como proporcionar soluções que resolvam a vida das pessoas é a grande sacada!

10 – Estar disposto a assumir riscos – a atividade empreendedora é um ambiente de risco por sí só. Nada é garantido. O empreendedor precisa conviver com as incertezas e as dificuldades que esão inerentes à atividade.

11 – Se cercar das melhores pessoas – empreendedores de sucesso buscam contratar os profissionais mais talentosose cometentes que puder.

12 – Pensa grade – ter metas audaciosas, pensar globalmente, buscar atingir mercados e clientes e crescer.

Deixe uma resposta

dois × cinco =